Os profissionais modernos são protagonistas das suas próprias carreiras. Eles estudam e buscam conhecimento o tempo todo.

Independente de área ou segmento que atuam, o que importa mesmo é o “mindset” que esses profissionais estão usando para se posicionar no mercado: desde o convencional emprego CLT até trabalhar por projetos ou por prestação de serviço.

O que vale mesmo é saber valorizar o caminho percorrido e o repertório de experiências acumuladas. O resultado prático é como aplicar de fato todo esse conhecimento a favor de um projeto.

Diante da era dos 13 milhões de desempregados no país (IBGE), os mais experientes assumiram o protagonismo e a responsabilidade de se manterem relevantes no mercado de trabalho. Agora é fundamental direcionar esforços e deixar de pensar em salários e bônus e aderir ao “onde quero chegar com todo conhecimento que conquistei?”.

Ser um empreendedor individual é um novo caminho a ser adotado onde você se torna o seu próprio produto o tempo todo. Mas, para tanto, é necessário adotar o Lifelong Learning:

– manter o aprendizado ao longo da vida;
– buscar conhecimento a todo momento;
– ser curioso;
– aproveitar todo o tempo livre para poder aprender.

Hoje em dia é fácil aprender. Qualquer um pode assistir aulas incríveis através de vídeos online. Basta ter disciplina para usar o que se aprende a favor das suas conquistas. Faça uma curadoria consciente de quais fontes utilizar para buscar novos conhecimentos. Para fazê-la, consulte pessoas referências em suas áreas de atuação.

Outro ponto vital é criar uma rede de networking. Na velocidade em que as coisas estão evoluindo, manter-se atualizado e buscar alternativas, visões e perspectivas vai te manter no topo.

Tenha certeza que diante desse novo estilo, sustentado por conteúdo, conhecimento e pessoas, trabalho não vai faltar.

Por Mônica Pavan